Category: Uncategorized

5 Dicas para escrever E-mails eficazes

Curso Formula do Email Marketing

Como você pode escrever um e-mail tecnicamente eficaz, que os seus contatos abram e leiam, e que traga dinheiro ao seu bolso? 

Existem algumas regras bem claras e específicas que eu uso praticamente de forma automática há anos, cada vez que escrevo.

São regras que sigo sem nem pensar mais e que me ajudam a escrever de forma muito mais eficaz e rápida. Pra mim, elas são óbvias, mas sei que certamente não o são para quem é novato. 

Após os primeiros cursos que dei, percebi que os empresários que começavam a usar o Email Marketing precisavam de algumas “regras básicas” para evitar cometer erros graves na redação dos e-mails.

Com este artigo, quero te mostrar 5 regras básicas para que você seja capaz, em um curto espaço de tempo, de escrever e-mails eficazes que sejam abertos, lidos e que levem o leitor a realizar a ação que você deseja. 

(Por exemplo, acessar uma página onde você tem um produto específico que deseja promover.) 

Aqui estão: 

 

 1) Escreva de uma forma simples, sem usar termos técnicos 

 

Mantenha isso em mente: quando você escreve um email, deve usar a linguagem mais simples possível e de fácil compreensão, mesmo por uma criança.

Eu gosto de passar esse conceito com esta frase: “você deve escrever como se estivesse explicando aquele assunto a um amigo no bar”.

Em particular, você não deve usar certas palavras que talvez sejam usadas no seu campo de atuação, mas que nem todo mundo conhece. 

Na verdade, muitas pessoas acreditam que a utilização de palavras complexas seja positiva porque contribui para criar autoridade, para mostrar que você é um especialista naquele assunto. Mas não é assim.

E o motivo é muito simples.

As pessoas perdem facilmente a linha de raciocínio e é importante ter certeza que isso NÃO aconteça, mas sim que elas permaneçam com os seus olhos colados no monitor para ler o seu e-mail.

E a melhor maneira de fazer isso é usando palavras simples, que até mesmo uma criança entenderia e que você usaria com um amigo totalmente inexperiente na sua área de atuação.

Sabe, trabalhando no setor da formação por tantos anos, eu percebi uma coisa.

Algo que, pelo menos parcialmente, também foi o segredo do meu sucesso.

Isto é, que a internet está cheia de pessoas competentes, mas que não são boas em se comunicar, em se fazer entender de forma eficaz.

Aqueles que têm um enorme sucesso, não são bons somente nos seus trabalhos (que, de qualquer forma, é essencial), mas também sabem se comunicar de forma compreensível com todos.

Você já ouviu falar sobre alguém que “é muito bom, consegue explicar coisas difíceis de forma fácil”, certo? 

Então, isso é AINDA mais importante no Email Marketing, porque se trata de um tipo de comunicação (aquela via email) onde as pessoas tendem a se distrair facilmente.

Dessa forma, se você for capaz de manter a atenção das pessoas sobre o que escreveu, elas vão ler o seu texto com muito mais prazer, “simpatizarão” com você e, claro, comprarão os seus produtos!  

 

 2) Ponha espaço entre os parágrafos 

Um erro que vejo muitas pessoas cometendo é escrever aqueles “muros de texto” que NINGUÉM lê. 

Sabe quando você se vê diante de um texto de 50 linhas sem espaços, sem qualquer formatação e que te faz sentir ansiedade só de olhar?

Se não for algo em que você esteja muito interessado… Você não vai parar para ler. 

 

Então, não cometa este mesmo erro! 

Observe como estou escrevendo este artigo: eu nunca deixo mais do que 3-5 linhas juntas, sem espaços.

E muitas vezes escrevo frases curtas, para dar mais “respiro”.  

Escrever desta forma ajuda muito na leitura e, pelo menos, leva o leitor a começar a ler. Depois, se ele continuar ou parar, vai depender, claro, se está interessado no que você tem a te dizer. 

No entanto, o primeiro objetivo – aquele de convencê-lo a começar a ler – você conseguiu atingir. 

 

3) Escreva um ‘Assunto’ que chame a atenção 

 

Nos e-mails, o ‘Assunto’ é obviamente muito importante porque é aquilo que as pessoas vêem antes mesmo de ler o resto do e-mail.  

Claramente, depende muito de quão profunda é a relação que você construiu com os seus leitores e quanto eles estão interessados no que você tem a dizer. 

Mas, apesar de tudo, escrever um bom Assunto pode fazer uma enorme diferença em termos de taxas de abertura de e-mail (e, portanto, de vendas).

Não há nenhuma fórmula perfeita para escrever Assuntos eficazes. Mas você sempre tem que pensar que as pessoas realizarão uma determinada ação se você for capaz de fazê-las: 

  • Perceber um benefício
  • Sentir curiosidade 

 

Quando as pessoas se depararem com uma dessas coisas, elas estarão muito mais propensas a clicar e abrir o seu e-mail. 

Este é um assunto de e-mail RUIM, por exemplo:   

Boletim de Notícias de Junho” 

No entanto, eu o vejo o tempo todo por aí! 

Um título do gênero é péssimo porque não comunica nenhum benefício e nem mesmo provoca curiosidade nos seus leitores. Por que você deveria abrir exatamente aquele e-mail, ao invés de abrir outros 50 que tem sob os olhos agora?  

Você não precisa fazer coisas complicadas.  

Por exemplo, se você estiver resolvendo uma dúvida comum do seu público com aquele e-mail, pode usar a forma “Como [ação para resolver o problema]”. 

Vamos dizer que você venda remédios naturais para curar dores de cabeça. 

 

Como curar sua dor de cabeça naturalmente? 

 

Ou também: 

 

Como curar uma dor de cabeça de forma natural? 

 

Ou, você também pode adicionar o fator curiosidade, desta forma: 

 

Isso pode curar uma dor de cabeça naturalmente? 

 

Escrevendo desta forma, você vai aumentar drasticamente a proporção de pessoas que abrem os seus e-mails. 

Claro que, dentro da Fórmula do Email Marketing, eu falo sobre estas questões com muito mais detalhes, mostrando um sistema passo-a-passo para começar a ganhar dinheiro imediatamente, com o uso do Email Marketing. 

 

4) Não use uma formatação complicada 

 

Muitas pessoas perdem uma grande quantidade de tempo tentando embelezar os e-mails de alguma maneira:  

  • Usando vários tipos de cores;
  • Inserindo imagens;
  • Colocando molduras e efeitos estranhos aqui e ali.

 

Na realidade, todas estas coisas matam o seu Email Marketing!

Parece contra-intuitivo?

Como você pode imaginar, durante estes quase 20 anos de experiência com o envio de e-mails, fiz centenas de testes para descobrir o que funcionaria melhor, sem considerar nada como óbvio.

E seja com as minhas listas de contatos ou com os meus clientes que gerenciam listas, em alguns casos, de centenas de milhares de usuários, o resultado sempre foi o mesmo:

Um e-mail simples É MELHOR do que um e-mail cheio de imagens. PONTO FINAL. 

Porque isto acontece? Há duas motivações:

 

a) A primeira é técnica: o e-mail vai parar no spam! 

 

Quando você envia um e-mail, vamos dizer, a 100 pessoas, nem todas elas vão recebê-lo na pasta principal. Algumas vão encontrá-lo na pasta de spam. Algumas (poucas) não o receberão. 

E um dos fatores que aumentam o risco do e-mail ir parar no spam é exatamente o uso de imagens pesadas que fazem com que o e-mail seja mais “arriscado” aos olhos do software de correio eletrônico. 

 

 b) A segunda motivação é de ordem psicológica: as pessoas FOGEM dos e-mails “elaborados” demais. 

 

Quais são os e-mails que você abre primeiro e mais tranquilamente? Provavelmente, aqueles dos seus amigos e conhecidos. 

Ou seja, e-mails simples, somente com texto e sem cores e molduras estranhas. 

Por esta razão, no seu Email Marketing, você deve usar os modelos de email que lembrem, tanto quanto possível, este tipo de comunicação, não só na parte escrita mas também na parte “gráfica”. 

Lembre-se: os seus clientes preferem ler um email que lembre uma mensagem pessoal e fogem de qualquer coisa que se pareça com publicidade. 

 

5) Não insira muitos links a coisas diferentes 

O último conselho que eu quero te dar é aquele de evitar perder a atenção do seu leitor em função da inserção de links para muitos recursos diferentes. 

Às vezes eu vejo e-mails que dizem algo como: 

Eu escrevi um artigo, leia-o aqui. Lembre-se também de dar um ‘curtir’ na minha página do Facebook aqui. E também compre este produto”. 

Obviamente, estou exagerando… Mas nem tanto! 

Quando você escrever coisas do gênero, é MUITO improvável que quem ler o seu email realmente execute todas as ações que você está te pedindo. A maioria simplesmente perderá o interesse e mandará o email para a lixeira, sem clicar em nenhum link. 

O caminho contrário, o segredo, é levar o leitor a realizar uma ação específica.

Você deve saber aonde quer conduzir o leitor, antes mesmo de escrever o email. E o email deve mostrar boas razões para que a pessoa clique no link! 

Por exemplo, se você tem um novo produto à venda no seu e-commerce, então deve inserir APENAS o link para esse produto. Talvez 2 ou 3 vezes, mas sempre o mesmo link.

E, no email, você vai precisar falar sobre os benefícios que este produto traz, porque ele é diferente dos outros do mesmo tipo e por que o seu leitor deve, definitivamente, comprá-lo.

Desta forma, é muito mais fácil que o leitor realize a ação que você quer: acesse o site e compre o produto.

Por outro lado, se você te der muitas opções e coisas demais para olhar, ele vai acabar ficando confuso.

Tenha sempre em mente que o tempo de atenção é sempre mais baixo e limitado, enquanto as distrações são cada vez mais frequentes.

Mas esta regra tem uma exceção (e talvez você já tenha visto como usá-la, se já baixou o meu Ebook gratuito e, assim, recebe os meus e-mails).

E a exceção está exatamente no começo, quando você se apresenta.

Nos primeiros e-mails, não há nada de errado em inserir na mesma mensagem vários canais pelos quais uma pessoa pode contatá-lo e, assim, mostrar os diversos links.

Por exemplo, você pode inserir o link à sua página no Facebook, ao seu site e ao seu perfil em outra rede social, se houver.

Desta maneira, as pessoas poderão te seguir nos canais que usam mais frequentemente. 

 

Conclusão  

Com este artigo, espero ter esclarecido as suas ideias sobre como escrever um email de forma técnica, a fim de gerar mais faturamento, graças ao Email Marketing.